TÉCNICA PATENTEADA: PASS THROUGH BIO

No início de 2007 a REINTECH desenvolveu O Pass Through de Biossegurança com Vaporização, que atende especificidades de desinfecção para as indústrias de ciências da vida quando o produto não pode ser submetido a autoclave ou outros processos de desinfecção.
O PTBIO-H foi produzido para descontaminação biológica de diversos materiais, inclusive os que não são resistentes a altas temperaturas, atendendo aos processos de entrada em áreas de produção estéril e saída de áreas biocontidas. O sanitizante para a descontaminação é gerado dentro do PTBIO-H com técnica mista "dry fog" e vapor, e não possui contato direto com o produto produzido na sala limpa. 
O equipamento REINTECH possui estrutura em alumínio com revestimento completo em inox, portas estanques que garantem total descontaminação para saída ou entrada de materiais, e permitem um ambiente de trabalho com alta segurança para o colaborador. Todo ciclo de descontaminação é monitorado por tela IHM, com sistema automatizado onde o operador pode comandar o tempo de sanitização, o tempo de ventilação e o controle de abertura de portas do equipamento.  
“São definidos níveis de acesso aos usuários do sistema, permitindo que somente os níveis mais elevados possam realizar modificações, evitando que operadores ou usuários não autorizados modifiquem os ciclos de descontaminação, bem como são criadas rotinas operacionais dentro do sistema afim de garantir a eficiência geral no processo.”  Contou Vinícius Andrade, Engenheiro responsável pelos contratos do equipamento.
Recentemente, a REINTECH atualizou o equipamento com duas importantes mudanças: Reestruturou o tamanho do reservatório do equipamento para 1000ml, aumentando o armazenamento e a capacidade de ciclos do sistema. E converteu o equipamento para o modo stand-alone, que apresenta ventilador autônomo para sua aplicação.
“O Pass Through de Biossegurança com Vaporização apresenta um sistema de circulação de ar com by-pass integrado, controlado por dampers estaque automatizados, isto evita que, durante o período de descontaminação (onde não pode existir circulação de ar dentro da câmara interna do equipamento) o balanceamento de ar da sala não sofra alterações, evitando possíveis variações na cascata de pressão. Outro ponto interessante é que o sistema que aplica o descontaminante no equipamento, pode utilizar um leque de sanitizantes líquidos como Peróxido de Hidrogênio, Ácido Peracético, entre outros, aumentando a abrangência e aplicabilidade do equipamento.” - Complementou o Eng° Vinicius Andrade.
O PTBIO-H REINTECH já foi fornecido para laboratórios de biossegurança e produção de vacinas. No novo vídeo da REINTECH podemos ver todo o ciclo de operação do equipamento, além de suas possibilidades com impressora matricial e sistema catalizador de H202.
A REINTECH possui a patente do equipamento, que foi solicitada no ano de 2007, e contando com sua experiência multidisciplinar voltada ao Controle da Contaminação permitiu o desenvolvimento desta técnica única para o mercado, com fácil operação e manutenção para o usuário.